Pensamentos Bill Gates


Frases de Bill Gates para celebrar a esperada:
Aposentadoria Bill Gates
“Se eu fosse um cara que só quisesse ganhar, já teria me mudado para outra área. Se eu tivesse alguma idéia de onde está a linha de chegada, você não acha que já a teria cruzado alguns anos atrás?” – revista Playboy/EUA, em 1994.

-----------------------------------------------------
“Nós sempre superestimamos a mudança que vai ocorrer em dois anos e subestimamos a que vai ocorrer nos próximos dez. Não se deixe adormecer pela inércia.” – de seu livro “The Road Ahead” publicado em 1996.

-------------------------------------------------------
“Eu queria ter a chance de escrever mais códigos. Eu faço muita bagunça. Eles não deixam que meu código entre nos produtos, há uns oito anos. E quando digo que virei escrever no final de semana, não acreditam realmente em mim como costumavam.” – 16 de setembro de 1997, falando em São Diego (EUA).

-------------------------------------------------------
“Bem, lembre-se, eu não tenho dólares. Tenho ações da Microsoft. Então só por multiplicação você converte o que eu tenho em algum número assustador.” – entrevista para a revista Playboy (EUA), em 1994.

-------------------------------------------------------
“Eu não gostaria de [o homem mais rico do mundo]. Não há nada de bom que venha disso.” – falando em Seattle/EUA, em 2006.

-------------------------------------------------------
“Devo dizer, que é meio divertido ser o perdedor (quando se trata de buscas)… Nós fizemos mais nesta área para criar uma grande equipe do que em qualquer outro esforço que eu me lembre.” – “advance08, The Future of Media”, 21 de maio de 2008, em Redmond, Washington (EUA).

------------------------------------------------------
“Então é justo dizer que o que está acontecendo hoje é como a chegada da imprensa escrita, do telefone ou do rádio. E essas ferramentas de comunicação tiveram efeitos penetrantes. Elas fizeram do mundo um lugar menor. Elas permitiram que a ciência fosse feita de forma mais eficiente. Eles permitiram que a política fosse feita de uma nova maneira. Elas tiveram um impacto modesto na forma como as pessoas eram educadas, mas as pessoas eram otimistas em achar que podiam fazer uma grande mudança. Agora, o computador pessoal conectado à Internet é muito mais poderoso, em muitas formas, do que qualquer um destes dispositivos de comunicação.” – Harvard Conference on Internet Society, 29 de maio de 1996, Cambridge, Massachusetts (EUA).

--------------------------------------------------------
“O PC e a internet serão fundamentais. Eles ainda não chegaram lá, mas estamos certamente no caminho, e será assim como o automóvel.” – Lançamento do Windows, 25 de junho de 1998, em São Francisco (EUA).

----------------------------------------------------------
“Bem, um dos privilégios do sucesso é o olhar examinador do governo, mas tudo bem. Quero dizer, nós temos uma indústria muito sexy. Se você trabalhasse no Departamento de Justiça [ dos Estados Unidos], o que iria preferir investigar – pão ou software…? … Nossa, acho que posso chamá-la assim, ‘disputa’ com o Departamento de Justiça se trata de que se precisamos incapacitar nossos produtos ou não. Isso quer dizer, podemos pegar uma função que uma vez estava disponível de forma separada do sistema operacional, como um browser ou uma interface gráfica ou qualquer uma das coisas que fizemos, e então integrá-la ao sistema operacional para que o usuários não tenha de sair e comprar aquelas peças separadamente e tenham um produto unificado que crie uma interface simples ao usuário… Então, com o Windows 98, não estamos modificando nada do que fazemos aqui. No pior cenário, eles pedirão que criemos um produto deficiente, além do produto normal, e isso pode ser bem ruim. Isso realmente poderia nos frear, então estamos bem confiantes de que não irá acontecer.” – 27 de janeiro de 1998, Universidade de Stanford, Palo Alto, Califórnia (EUA).

----------------------------------------------------------
“Sempre acreditei que qualquer ferramenta que aprimore a comunicação tem efeitos profundos em como as pessoas podem aprender umas com as outras, e como elas podem alcançar a liberdade na qual estão interessadas. O e-mail na Rússia foi fundamental para permitir que as pessoas se unissem e pensassem. Eles querem voltar ao modelo anterior de governo? Em cada país, você vê que essas ferramentas têm feito realmente uma grande e incrível diferença.” – Digital Dividends Conference, 18 de outubro de 2000, Seattle (EUA).

------------------------------------------------------

“Quando comecei a pensar em filantropia, olhei para trás e estudei o que algumas das fundações fizeram no decorrer da história, e busquei que tipo de coisas poderiam realmente fazer diferença, que tipos de coisas teriam um impacto dramático. E a primeira causa que me chamou a atenção foi a questão do crescimento populacional, de assegurar que as famílias tivessem informação para decidir exatamente quantos filhos queriam ter, e qual o objetivo se o crescimento da população fosse menor do que seria sem isso, o efeito seguinte de ter recursos suficientes para educação, para o meio-ambiente, para cada elemento de qualidade de vida que você pode imaginar, e que isso seria fundamentalmente vantajoso.” – Digital Dividends Conference, 18 de outubro de 2000, Seattle (EUA).
----------------------------------------------------
“Então parte da razão pela qual dos Estados Unidos têm a liderança que temos hoje data de 20 anos atrás, quando tínhamos um alto nível de humildade. Nós olhávamos para o Japão e dizíamos algo como ‘Uau. O modelo deles é superior. Deve haver algo em nosso modelo que pode ser forte’ (…). Se durante este período não tivermos ao menos parte daquela humildade e observarmos o que outros países estão fazendo e aprendermos com eles, então nosso relativo domínio vai encolher mais rápido do que deveria.” – Digital Dividends Conference, 18 de outubro de 2000, Seattle (EUA).
---------------------------------------------------
“Até que tenhamos educado cada criança de uma forma fantástica, até que cada centro decadente tenha sido limpo, não há falta do que fazer.” – revista Playboy, 1994.
-----------------------------------------------------
“Ontem, um dos meus mais admiráveis concorrentes, Scott McNealy (então CEO da Sun Mirosystems) estava aqui falando do Mercado de anéis, dos anéis digitais. E todo mundo diz que a Microsoft está sempre tentando fazer de tudo. Então acho importante esclarecer que este é um segmento no qual a Microsoft não se envolverá.” – Consumer Electronics Show, 10 de janeiro de 1998, Las Vegas (EUA).
--------------------------------------------------------
“Toda a indústria de PCs se reuniu em torno deste lançamento. O Windows XP é o mais poderoso, rápido e mais confiável sistema operacional que já fizemos. Nós derramamos literalmente bilhões de dólares no desenvolvimento deste novo produto. Isto se baseou no retorno que tivemos dos usuários, se baseou em uma visão de novas atividades que o PC poderia permitir. A nova segurança é muito importante. O controle de privacidade é importante. O sistema de mensagens para conexões em tempo real é um fundamento. As novas experiências pessoais digitais; realmente vamos olhar para trás e dizer em senso comum, que estas são as formas como as pessoas lidam com informações. Juntamente com o Office XP, o Windows XP vai estabelecer um novo padrão para os negócios.” – Lançamento do Windows XP, 25 de outubro de 2001, em Nova York (EUA).
-----------------------------------------------------
“Estamos vivendo em uma era fenomenal. Se pudermos passar as primeiras décadas do século 21 buscando abordagens que atendam às necessidades dos menos favorecidos, com meios que gerem lucros e reconhecimento para os negócios, encontraremos um modelo sustentável para reduzir a pobreza no mundo. A tarefa está em aberto. Ela nunca terá fim. Mas um esforço apaixonado para responder a este desafio ajudará a mudar o mundo. Estou animado de fazer parte disso.” – Fórum Econômico Mundial, 24 de janeiro de 2008, Davos, Suíça.
--------------------------------------------------------
“Não importa quando novas tecnologias apareçam, os pais têm uma preocupação legítima com a forma como são usadas. E a internet tem de estar no topo da lista. Vocês sabem, meu filho mais velho tem 11 anos, então ainda não chegamos à fase mais difícil quando se trata, vocês sabem, de ter contas no Facebook e passar um tempo considerável no comunicador instantâneo. Mas estou certo de que isto está por vir. E procuramos manter nossos computadores em ambientes abertos pela casa, então se as crianças estão fazendo alguma coisa no computador, sabem que passaremos por perto a qualquer momento. E fazendo isso desta forma, evitamos ter de partir para limites rígidos, seja em tempo ou coisas específicas. Estamos envolvidos em observar o que está acontecendo e explicar as coisas.” – Comentários ao Comitê de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, 12 de março de 2008, Washington, D.C. (EUA).
---------------------------------------------------------
“Certamente quando eu estava na escola, o computador era uma coisa muito assustadora. As pessoas falavam em desafiar aquela máquina do mal que estava sempre fazendo contas que não pareciam corretas. E ninguém pensou naquilo como uma ferramenta poderosa.” – 24 de fevereiro de 2004, Universidade de Illinois (EUA).
-----------------------------------------------------------
“Se eu tivesse de dizer o que me faz sentir melhor, é estar envolvido em toda a revolução do software e no que surgiu disso, porque você pode ir para todo o mundo e entrar nas escolas e ver os computadores sendo usados, e entrar nos hospitais e ver que eles estão sendo usados, e ver como há ferramentas para compartilhar informações que esperançosamente levam a situações mais pacíficas, e ver os grandes avanços em pesquisas que surgem disso.” – Universidade de Stanford, 25 de abril de 2002, Palo Alto, Califórnia (EUA).
------------------------------------------------------
“Quando Paul Allen e eu começamos a Microsoft há 30 anos, tínhamos grandes sonhos sobre software. Sonhávamos com o impacto que ele teria. Nós falávamos sobre um computador em casa mesa e em cada casa. Tem sido incrível ver tanto daquele sonho se tornar realidade e tocar tantas vidas. Nunca imaginei que uma companhia tão incrível e importante fosse surgir daquelas idéias originais.” – Conferência de anúncio da aposentadoria de Bill Gates, 15 de junho de 2006, Redmond, Washington (EUA).

1 2 3 4 5





O portal oferece um vasto material para estudos e seminários, Assine e fique informado!!!

Receba artigos por E-mail:




Você gostou deste artigo? Compartilhe:
TwitterDeliciousFacebookDiggStumbleuponFavoritesMore

0 comentários: