As maiores diferenças: MEDICAMENTOS genéricos:


Fonte: Proconsp
Genéricos são, em média, 52,27% mais baratos que os de referência.

Preços de medicamentos: diferenças de até 523,81%, revela Procon-SP.

Pesquisa da Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, constatou diferenças de até 523,81% entre os medicamentos genéricos e de até 135,81% entre os medicamentos de referência. O levantamento, realizado de 03 a 05 de maio, revela a importância de o consumidor comparar os preços em diversos estabelecimentos antes de efetuar uma compra.

Ainda de acordo com a pesquisa, os preços dos genéricos são, em média, 52,27% mais baratos do que os de referência de mesma apresentação. Por serem produzidos por diversos laboratórios, os medicamentos genéricos são, em geral, mais baratos. Mas é bom lembrar que um genérico de um mesmo laboratório também pode apresentar preços diferentes entre as drogarias/farmácias. Logo, é essencial a pesquisa de preços sempre aliada à recomendação e prescrição médica.

As maiores diferenças:

Entre os medicamentos de referência:

Diferença: 135,81%

Medicamento : Gardenal (Fenobarbital) – Sanofi-Aventis

Apresentação: 100 mg – 20 comprimidos

Maior preço: R$ 5,40

Menor preço: R$ 2,29

Diferença valor absoluto: R$ 3,11

Entre os medicamentos genéricos:

Diferença: 523,81%

Medicamento: Diclofenaco Sódico

Apresentação: 50 mg – 20 comprimidos

Maior preço: R$ 11,79

Menor preço: R$ 1,89

Diferença valor absoluto: R$ 9,90

Esteja atento e compare os preços em várias fontes, internet inclusive, independente se o seu uso de medicamento é contínuo ou esporádico. Desta maneira manterá a saúde do seu bolso.





O portal oferece um vasto material para estudos e seminários, Assine e fique informado!!!

Receba artigos por E-mail:




Você gostou deste artigo? Compartilhe:
TwitterDeliciousFacebookDiggStumbleuponFavoritesMore

0 comentários: