Exército de Israel proíbe uso de Facebook e Twitter

Medida visa evitar o vazamento de informações confidenciais ou de vídeos constrangedores

info.abril.com.br
Soldados de Israel
Soldados israelenses não poderão acessar redes sociais
São Paulo - O exército de Israel proibiu seus soldados de acessarem redes sociais enquanto estiverem na base militar. A medida visa evitar o vazamento de informações confidenciais ou de vídeos constrangedores.
Segundo um poorta-voz do exército, sites como Facebook e Twitter possibilitam o acesso a essas informações por parte dos inimigos. De acordo com o coronel Gadi Abud, a proibição vale apenas enquanto os soldados estiverem em trabalho. O uso de telefones celulares também foi proibido.

No inicio do mês, o vídeo de um soldado israelense dançando ao lado de uma prisioneira palestina vazou na web e provocou polêmica. Antes, as Forças Armadas israelenses já haviam cancelado uma missão devido à publicação de informações sigilosas no Facebook.


O portal oferece um vasto material para estudos e seminários, Assine e fique informado!!!

Receba artigos por E-mail:




Você gostou deste artigo? Compartilhe:
TwitterDeliciousFacebookDiggStumbleuponFavoritesMore

0 comentários: